Sugestões para desfrutar da cidade

À seguir encontrará alguns conselhos especiais para começar a conhecer Catania. Estes itinerários incluem saídas noturnas para ir a clubes nas praias ou discotecas, segundo teus desejos: dessa forma desfrutará da vida noturna de Catania.

  • Itinerário em Catania: pela manhã
Iniciamos nosso percurso desde nossa escola saído da Piazza Duomo, onde é o coração do centro histórico de Catania, onde é possível admirar a particular fonte do elefante. Na praça se encontram o Duomo, a igreja principal, com a Capela de Santa Ágata, que conserva seu precioso tesouro, e o Palácio dos Elefantes, sede da atual Prefeitura. Da Piazza Duomo facilmente se chega a pé à vizinha Via Crociferi, uma das ruas mais sugestivas de Catania, onde é possível admirar esplêndidos exemplos do barroco do século XVIII, um atrás do outro: a Igreja dos Jesuítas, a Igreja de San Julián e o Monastério dos Beneditinos, onde o autor Giovanni Verga compôs a angustiante “ História de uma capinera”. Depois de ter percorrido esta rua, recomendamos ir ao Ex Convento dos Beneditinos, sede da atual Faculdade de Letras e Filosofia. Este importante edifício que parece um palácio real, não está muito longe da Via Crociferi: se não está muito cansado, pode caminhar a pé a Via A. San Giuliano (tranversal a Via Crociferi) que continua na Via G. Clementi, ou também viajar de táxi ou ônibus.
Learn Italian by cooking in Sicily
Learn Italian by cooking in Sicily

Depois da visita ao Monastério, será sem duvidas hora de comer. Escolha um dos restaurantes de Catania e das ruas vizinhas e dedique-se a descobrir as delicias gastronômicas locais. Para fazer um aperitivo recomendamos um “arancino” de arroz (bola composta de arroz, empanada e recheada e frita), que pode ser provada em uma de suas mil variedades, e uma deliciosa “crespelle” (bolinhos macios e recheados) de anchovas. Primeiramente é obrigatório provar a “Pasta alla Norma” um clássico de Catania, um dos pratos símbolo da Sicília. Secundariamente, recomendamos um prato a base de peixe: os restaurantes de Catania são famosos por seu fresquíssimo peixe preparados em muitas formas diferentes, segundo a genialidade do chefe, mas sempre coerentes a tradição culinária siciliana. Depois de um bom café estará de novo preparado para continuar seu itinerário.

  • Itinerário em Catania: pela tarde

Vá até Via Etnea, rua elegante forrada de edifícios de estilo barroco e lojas, que desde Piazza Duomo atravessa o Centro até chegar a Piazza Stesicoro, onde é possível admirar o monumento a Vincenzo Bellini, o imponente Anfiteatro Romano, um dos poucos testemunhos do período Romano que sobreviveram a erupção e aos terremotos, e a igreja de Santa Ágata a Fornace, uma das oito igrejas de Catania dedicadas a sua padroeira. A partir de então poderá dedicar o restante da tarde a um relaxante e diferente passeio pelo parque da esplendida Villa Bellini, um dos lugares mais estimados pelas pessoas locais: 70.000 metros entre praças, pontes, canteiros e fontes.

  • Itinerário em Catania: a noite
Após ter passado o dia admirando lugares cheios de arte e cultura, chega o momento de dedicar-se ao lazer e a diversão: em Catania não faltarão ocasiões. Seguramente! Para o “aperitivo” recomendamos um dos bares ou pubs localizados no decorrer da concorridíssima Scalinata Alessi ou a repleta de gente Via Mancini(atrás da Piazza Universitá) um dos pontos de encontro mais freqüentados da cidade. Para continuar a noite terá somente o problema de escolher entre tantas opções. Em Catania existem locais para todos os gostos: música ao vivo, dj set, etno-rock, música eletrônica, exclusivos bares de vinho e centros sociais. Tente ir a “La Chiane” “The Stag´s Head” ou “ Waxy O´Connors” Muito divertidos!
Bellini Theatre at night
Bellini Theatre at night



                 O concerto em frente o Teatro Massimo

  • A vida noturna

Catania é famosa, não somente na Sicília, mas também em toda a Itália, por sua lendária e agitada vida noturna, tanto que se pode falar de uma “vida noturna catanesa”. Ainda em Catania não é costume jantar depois da meia-noite, pelo número de locais para relaxar e se divertir, está cidade sicula não tem nada que invejar a capital espanhola. Um dos pontos de encontro mais frequentados é a “Escalinata Alessi”, no coração da cidade universitária e a dois passos da Via Crociferi, onde existem vários locais. Um deste mais famosos é o Nievski, o primeiro pub que se abriu na cidade. Atualmente existem cerca de 120 pubs, sempre cheios de gente e de vida. Talvez porque Catania é uma cidade universitária a qual convergem estudantes de todo o sul da Itália, ou pelo espírito boêmio de seus habitantes, o fato é que à noite de Catania capta de uma maneira natural a vontade de estar fora até amanhecer.

A oferta de lazer é muito ampla: ente os teatros e a infinita variedade de locais

study holiday Sicily
Cyclop’s coast

resta somente como dificuldade decidir por um deles. Se puder escolher ente um estilo árabe o Hi-Tech ambientes Kitch ou Minimal jap. Para chegar aos bares de vinho mais refinados, frequentados somente pela burguesia de Catania, deve sair fora do centro histórico, a Corso Itália, o fragmento que vai desde Piazza Duomo até o cruzamento com Via Monfalcone, um bairro moderno e exclusivo que se estende até o passeio marítimo. E depôs de tanto caminhas, falar e dançar o apetite se abre, e nada melhor do que o Etoile dor que em 1977 foi o primeiro bar aberto 24 horas por dia e que atualmente prepara cerca e mil “arancini” (croquetes esféricos de arroz recheadas de queijo e/ou outros ingredientes) por dia, de muitos tipos diversos.


  • Comer e Beber

A cozinha catanesa, gostosa e saborosa, oferece uma serie de magiares típicos da região e repetidos em toda a Sicília. Iniciamos esta viagem descobrindo os sabores cataneses por um prato muito famoso: “La pasta a la norma”. Trata-se de um primeiro prato, geralmente a base de macarrão, com molho de tomate, berinjelas fritas, manjericão e bastante queijo salgado. Esta receita recebeu este nome em homenagem ao compositor Vincenzo Bellini, original de Catania e autor de “ Norma” obra lírica com a qual em 1890 foi inaugurado o Teatro Massimo Bellini.

Passamos aos “arancinis” de arroz, uma das receitas mais freqüentes dos grelhados e lanchonetes e estabelecimentos gastronômicos, das que oferecem mil variantes,a maioria das vezes recheados de carne picada, as vezes acompanhadas por cogumelos, outras por pistaches. Em Catania os “arancinis” se diferenciam daqueles preparados em outras cidades sicilianas pela sua forma larga parecida com um cone. Outro aperitivo onipresente nas lanchonetes, mas também em muitos restaurantes de Catania, são as “crespelles”: bolinhos macios recheados de queijo ou anchovas.

Dos pratos a base de peixe mencionamos os “mascolini”marinados, anchovas frescas salgadas pelo menos 24 horas em azeite extra virgem de oliva e suco de lima, e o macarrão com os “mascolini”, com anchovas salteado com cebolas, ervilhas e funcho selvagem.

Passando para os doces, outro dos muitos pontos fortes da cozinha siciliana, em Catania pode-se saborear os melhores “cannoli di ricotta”, preparados com uma pasta crocante recheado com creme de queijo ou chocolate frutas cristalizadas.

Autenticamente catanesas são as “olivette di Santa Ágata”, pequenos doces de pasta de amêndoa, de cor verde que são preparadas para a tradicional festa de Santa Ágata. Estes doces estão ligados á uma antiga lenda: conta-se que a padroeira da cidade, perseguida por soldados romanos, em um momento de sua fuga parou para amarrar os sapatos que escapavam, e justo naquele instante, cresceu em frente ela um grande pé de azeitona silvestre que a escondeu de seus perseguidores e a ofereceram frutos que a pudessem nutrir.

Por ultimo, destacamos outros doces, “granite” de amêndoas, de limão, de café e de chocolate, servidas também com nata feita artesanalmente. Os quiosques disseminados pela cidade oferecem bebidas particulares e muito especiais como seltz ao limão, a base de suco de limão, seltz e sal, e tamarindo com limai e bircabonato, ótimo para a digestão.

  • No que diz respeito à produção de vinho na região, não perca os vinhos tintos do Etna DOC.
  • De Lojas

Na Via Reitano perto do Castelo Ursino, se encontra a loja de artesanato dos Napoli, família histórica de “marionetas cataneses” que desde varias gerações se dedicam a realização de marionetes e aos trabalhos do “Teatro stabile dellÓpera dei puppi” (teatro estável de marionetes). As famosas marionetes de Catania estão feitas de modo diverso do que aquelas da “escola de Palermo”. São maiores e podem medir 135 centímetros e pesam entre 15 e 30 quilos!

São muito peculiares os objetos artesanais realizados segundo antigas técnicas de trabalho com pedra lávica e as famosas cerâmicas pintadas, que sobretudo são produzidas na vizinha Caltagirone porém que podem ser também encontradas em qualquer negocio de souvenires de Catania. Outro produto típico artesanal de Catania são os candelabros: partes únicas, freqüentemente de inspiração barroca, feitos a mão utilizando sobretudo madeira gravada, decorada e finalmente pintada.

 

Fish market
Fish market

Se preferir dedicar-se a compras gastronômicas. Recomendamos entrar em um dos mercados de Catania para respirar a atmosfera autentica da vida cotidiana da cidade. O lugar ideal para esta pitoresca experiência é sem duvidas a Pescaria, mercado histórico em torno da Piazza Pardo (ao lado da Piazza Duomo). Entre as paradas de peixes frescos, boníssimos mas, difíceis de levar para casa como souvenir, encontrará todo tipo de frutas secas, garrafas de azeite de oliva extra virgem e vinho tinto produzido nos arredores do Etna, sacos de legumes secos para fazer sopas típicas e saborosas, e muito mais.

Os interessados em comprar roupas de grifes, na Corso Itália encontrarão todas as butiques juntas dos mais famosos estilistas da moda italiana e internacional.

Share